terça-feira, 22 de janeiro de 2013

As batalhas que não podemos perder

Documentário completo mostrando a origem, formas de actuação e objectivos do movimento socialista/comunista nos EUA. Um exemplo para o resto do mundo. Divulgue esse filme para o máximo de pessoas que puder!

https://referendoao90.wordpress.com/documentos-para-recolha-de-assinaturas/


Justiça não significa Igualdade
 
Isto é Igualdade ----------- Isto é Justiça

 
  Canal Associação 25 de Abril
O que é preciso fazer para combater a corrupção

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

O outro lado do NATAL

Quando estamos à porta do Natal de 2010, creio estar aqui a fechar este blogue, uma vez que cumpriu a missão que o iniciou. Espero que esta tradução alerte os leitores para a gravidade e a dureza da realidade que nos estão a projectar no futuro, uma cultura de suicídio e de genocídio. Ninguém pode mais do que as pessoas, assim elas acreditassem nisso, bem como não receassem passar a informação e soubessem efectivamente estar activos na vida. 

Se este for o FUTURO, então será merecido, por falta de acção, convicção, laxismo e amor próprio. Não é SEGREDO, está tudo aí diante dos olhos.  
Escolha, não haverá lugar a arrependimentos.

Deixe toda a gente saber,
mesmo que escolham negar a realidade,
conferência e livros continuam a ser publicados.
Não há cegueira maior do que aquela que não quer ver.
 
"Eterna vigilância é o preço da verdadeira liberdade"
Wendell Phillips, (1811-1884)

Informação prévia: http://www.bushstole04.com/monetarysystem/fed_owners.htm
Aqui está uma olhadela em quem estava envolvido na criação da Reserva Federal Americana em 1913.
  • Bancos Rothschild, Londres e Berlim
  • Lazard Brothers Bank de Paris
  • Israel Moses Sieff Bancos da Itália
  • Banco Warburg de Hamburgo e Amsterdão
  • Kuhn Loeb Bank de Nova York
  • Banco Lehman Brothers de Nova York
  • Goldman Sachs Bank de Nova York
  • Chase Manhattan Bank de Nova York (controlada pela família Rockefeller )

A vermelho ficam os comentário do tradutor


Confidente revela a Agenda Illuminati para o século XXI
20 de dezembro de 2010

Num livro, Henry Kissinger chamou de "brilhante e provocante... difícil de julgar", confidente judeu, o Illuminati Jacques Attali confirma que os banqueiros Illuminati estão impondo um horrendo "Brave New World" (Bravo Mundo Novo) sobre a humanidade, um divorciado da verdade, da bondade ou de realidade.

(Para henrymakow.com)

Uma Breve História do Futuro por Jacques Attali (2006) descreve a agenda da elite mundial para o século XXI.

Um judeu francês (que recentemente disse no Congresso Judaico Europeu que a população judaica do mundo precisa aumentar para 200 milhões), Attali é um tecnocrata de alto nível, trabalhando no cumprimento de uma Nova Ordem Mundial.

Jacques Attali tem um currículo variado. Durante dez anos trabalhou como assessor do ex-presidente francês François Mitterrand. Em 1980, iniciou o programa europeu Eureka (um importante programa europeu sobre as novas tecnologias que inventou, entre outras coisas, o MP3).

Em 1991, co-fundou o Banco Europeu para a Reconstrução e Desenvolvimento. Ele também está na origem da reforma do ensino superior, (Bolonha ou LMD) projetado para trazer alinhar todos os diplomas europeus.

Ele publicou mais de 50 livros, vendendo mais de 6 milhões de cópias no mundo inteiro. Incluem uma biografia adorável do banqueiro Siegmand Warburg.

Também escreveu um relato brilhante de Karl Marx, argumentando que Marx era um fervoroso adepto do mercado livre, defendendo o capitalismo como um trampolim para o seu ideal comunista e previu a globalização como a que conhecemos hoje (ou seja, a Nova Ordem Mundial). (está claro que Marx foi mais uma marioneta dos banqueiros)

Numa Breve História do Futuro, Attali prevê que este século terá três frases distintas.

1. Super-império = uma época de privatização em que as corporações governarão o quotidiano. Ele escreve, "o dinheiro vai finalmente livrar-se de tudo o que o possa ameaçar, incluindo os Estados-nação, que irão desmantelar-se progressivamente." O mercado vai tornar-se a única Lei reconhecida. Um sistema de poder cujas "estruturas permanecem ainda desconhecidos, mas cujo objectivo é global."

2. Hiperconflicto = o super império implodirá e haverá um período de caos em todo o mundo. Previsto para 2030, Attali prevê "guerras devastadoras, opondo as nações, os grupos religiosos, as entidades terroristas e os piratas do mercado livre, uns contra os outros".

3. Hiperdemocracia (2060) = esgotada pelas guerras e convulsões sociais, a opinião pública mundial vai acolher de braços abertos "a criação de um governo democrático mundial". Será um sistema colectivista, com todos a trabalhar para o "bem comum".
Eu selecionei alguns temas para dar-lhe um sabor do livro. (Oh sim, que bom, um Estado Cibernético Totalitário Mundial, cheio de escravos até ao mais ínfimo detalhe, vejamos algumas das ferramentas que estão e continuarão a usar)

(Jacques Attali, à esquerda)


Sexualidade

No futuro, as pessoas deixarão de criar vínculos e criar famílias. "O casal vai deixar de ser a principal base para a vida e a sexualidade. [As pessoas] vão preferir escolher, com total transparência, ser polígamas ou poliândricas. "

A força motriz dessa tendência é a tecnologia que liberta os jovens de controlo parental. O primeiro foi o rádio, o que permitiu aos jovens:

"Dançar fora das salas de baile e, portanto, livrar-se do controlo parental . Libertando a sexualidade, abrindo a todos os tipos de música, do jazz ao rock, e, assim, anunciando a entrada de jovens no mundo do consumo, do desejo e da rebelião (aparente).

Uma cultura dominada pelos média (leia-se: moda) criará uma população egocêntrica que "será apenas será leal a si mesmos."

Com a falta amantes dispostos a ser companheiros para a vida, "o mundo não será mais do que uma justaposição de solidão, amor e uma justaposição de masturbações."
O objectivo da elite é remover o amor do sexo, para que venham a poder controlar a reprodução. Attali escreve que no século XX, a sociedade buscou livrar-se da função reprodutiva da sexualidade, tornando a maternidade artificial, usando cada vez mais métodos sofisticados: pílulas, parto prematuro, fertilização in vitro, mães de aluguer ".

No futuro, a sociedade irá mais longe ao ponto de dissociar a reprodução da sexualidade. A sexualidade será o reino do prazer, e a reprodução o reino das máquinas. " (olha o robô humano, crianças privadas do amor parental, escravizadas desde o primeiro segundo)

As gerações futuras "irão fabricar o ser humano como um artefacto sob medida, num útero artificial, o que permitirá ao cérebro desenvolver as características escolhidas, previamente. O ser humano virá, assim, a tornar-se num objecto comercial. (uma coisa, ora cá está a revelação)


Vigilância

Attali pinta um retrato de uma sociedade de vigilância que faria estremecer a Stasi (a Pide da Alemanha de Leste). Até as nossas máquinas de lavar estarão a conspirar contra nós, enquanto as "embalagens de produtos alimentícios, veículos, roupas e utensílios domésticos estarão munidas de dispositivos de comunicação." (nenhum segredo será possível – a comida será transgénica, obviamente)

Viveremos como robôs confiáveis.

"Os robôs domésticos tornar-se-ão universais na vida quotidiana. Eles também estarão constantemente ligados à grelha da web omnipresente. Eles ajudarão no trabalho doméstico, como auxiliares para os deficientes ou idosos, enquanto trabalhadores e membros das forças de segurança. Em particular, tornar-se-ão "Vigilantes"."

Todos os dados serão recolhidos por empresas de segurança privada e pública. A principal forma de vigilância serão os dispositivos de entretenimento portáteis. O embrião disso já existe hoje, é o iPhone que envia dados para a Agência de Segurança Nacional Americana.

"Todos estes aparelhos serão permanentemente localizáveis. Todos os dados que contenham, incluindo imagens da vida quotidiana de todos, serão armazenados e vendidos a empresas especializadas e à polícia pública e privada."

Em 2050, estas máquinas terão evoluído ao ponto descrito por Attali "aparelhos de vigilância com autonomia própria" que irão permitir a cada um, acompanhar o seu próprio cumprimento das normas.

Vamos acompanhar o nosso consumo de água, energia e matérias-primas. Vamos mesmo ter a "oportunidade de medir, de forma permanente ou periódica, os parâmetros do [nosso] próprio corpo."

"Nano-robôs, via subcutânea, irão registrar sem descanso os batimentos cardíacos, a pressão arterial e o colesterol. Microprocessadores ligados a vários órgãos, irão assistir ao seu funcionamento, em nome do cumprimeno de normas."

Vivendo uma vida caótica e insegura, estaremos dependentes das empresas de seguros para nossa segurança. Essas empresas irão ter a certeza que os seus clientes estão em conformidade com as normas, de modo a minimizar riscos ... Eles chegarão a ditar normas planetárias (O que comer? O que saber? Como conduzir? Como se proteger? Como consumir? Como produzir?)".

Essas empresas vão ser implacáveis.

"Vão penalizar os fumadores, os bebedores, os obesos, os desempregados, os inadequadamente protegidos, os agressivos, os descuidos, os desajeitados, os distraídos, os perdulários. A ignorância, a exposição aos riscos, o desperdício e a vulnerabilidade serão considerados doenças."

As prisões "serão gradualmente substituídas pela vigilância á distância, de uma pessoa sob prisão domiciliária. (seria um planeta prisão)


Imigração

Os fluxos de imigração irão expandir-se e submergir os Estados-nação. "A Grã-Bretanha tornar-se-á um grande país de acolhimento, sobretudo para os cidadãos dos países da Europa Central. Estes últimos, por sua vez, darão as boas-vindas a trabalhadores ucranianos, que por sua vez serão substituídos por russos, que por sua vez serão substituídos por vastas populações chinesas.

Países resistente irão aprender que um influxo populacional "é a condição para a sua sobrevivência." Numa passagem sinistra, Attali fala de hordas vindas do terceiro-mundo engolindo o Ocidente.

"Massas cada vez mais numerosas viram lançar-se às portas do Ocidente. Já são centenas de milhares, mensalmente, esse número irá aumentar para milhões de pessoas, em seguida, dezenas de milhões".

Os Estados Unidos serão o destino mais popular e "em 20 anos, as populações hispânicas e Africano-Americanas serão a maioria nos Estados Unidos."

O nomadismo também se tornará a norma no Ocidente, "mais e mais pessoas vão deixar um país por outro: em breve, haverá mais de dez milhões deles mudando de país, a cada ano.

O principal incentivo será o dinheiro, mas muitos vão embora porque estão revoltados com a sua terra natal.

"Eles deixarão de desejar depender de um país cujo regime fiscal, legislação e até mesmo a cultura, os rejeitou. Irão desaparecer completamente, para viver uma outra vida. O mundo estará assim, cada vez mais cheios de pessoas que se tornaram anónimas por sua própria vontade, muito à semelhança de um carnaval em que todos - em liberdade definitiva! - Terá escolhido uma nova identidade para si".



Futuro dos EUA

O dólar continuará a ser predominante até pelo menos 2025 (ou muito antes), quando os apoiantes estrangeiros o abandonarão e "a pirâmide de crédito, com base no valor do imobiliário americano, irá colapsar."

Então, os EUA, começarão a desintegrar-se, com a violência e o caos. Attali afirma, «não vai ser a África do amanhã que vai assemelhar-se ao Oeste de hoje, mas todo o Ocidente parecerá a África de hoje."

Os EUA terão então de reformular o seu governo para recuperar o controle.

"Os Estados Unidos poderiam tornar-se algo estilo uma social-democracia escandinava, ou uma ditadura - e talvez até um após o outro. Não seria a primeira vez que tal acontece: o primeiro líder a aplicar os princípios necessários para sair da crise da depressão [passada] foi Mussolini, o segundo foi Hitler. Roosevelt só veio em terceiro lugar. (pois, mas quebrou-vos o galho, uma vez que descobriu a solução para vos derrotar)

O caos e a violência permearão o mundo, o cristianismo e o islamismo sairão reforçados. A região do cinturão bíblico "do Sul dos EUA poderá mobilizar-se e até dominar a política dos EUA.

"Os Estados Unidos poderão cair, em redor de 2040, vítimas de regime teocrático, tentação, explícita ou implicitamente, na forma de isolacionismo teocrático, onde a democracia não seria mais do que uma sombra pálida sombra."

Este movimento cristão poderia ser mobilizado numa guerra contra o Islão, o que, presumivelmente, enfraqueceria e desacreditaria as duas religiões.

Uma aliança internacional cristã "poderia formar alianças aqui e ali com os piratas seculares e traficantes de armas, mulheres e drogas."

Essa aliança "ficaria de caras opondo-se ao Islão – e a luta será implacável. Eles irão defender os cristãos em países onde eles são uma minoria, como no Líbano, Síria, Iraque e Síria.

Antes do final do século, os EUA serão desintegrados e sob a autoridade de um governo mundial. (TOTALITARISTA ou COMUNISTA, qual a diferença afinal?)



 __________- Leitura recomendada - _________

Estudar uma arte, porquê?
http://flautatransversal.blogspot.com/2009/04/estudar-uma-arte-porque.html 

Nova Ordem Mundial explicada

 

Entrevista John Perkins - testemunha:





quarta-feira, 1 de setembro de 2010

O SEU PODER: VOTO NULO

A solução final




A História da Sua Escravidão (The Story of Your Enslavement in Portuguese)

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

O FIM DA INTERNET LIVRE

e tudo o que a segue...

A nova web, a WEB 2, perto de si através da rede de alto rendimento (fibra óptica) de 100 Mb a 1 Gb. Como brinde deste pacote, a nova Rede Eléctrica Inteligente passará a ser o "big brother" lá de casa... hum, o controlo e a ditadura a caminho!!!

Em breve, num local perto de si...

O processo está em marcha, nada será por mero acaso.

  • Clique na imagem para ampliar:

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Relatório "Montanha de Ferro"

A verdade das grandes mentiras, porque são as coisas tal como são e não como poderiam ser. O medo associado à ambição do poder absoluto. Os Estados Unidos da América foram a primeira nação realmente livre da história humana, e a melhor sucedida de todas, é isso que tem estado a ser suprimido, distorcido, é isso que está em causa, é essa a real guerra, República ou Império, Paz ou Guerra, os fundamentos de Platão ou Aristóteles, soberania individual ou num governo? Qual o destino que o Homem escolherá? A GRANDE ESCOLHA está aí.


Video raro - Iron Mountain Report em 14 partes

Armas silenciosas numa guerra tranquila


TEORIAS que deixaram de ser CONSPIRAÇÃO, pois encaixam na agenda:
http://europebusines.blogspot.com/2010/01/haiti-killer-quake-caused-by-scalar.html

Agenda 21:




domingo, 25 de outubro de 2009

LIBERDADE ou TIRANIA; VIDA ou MORTE

Ponha à prova o seu inglês, valerá a pena o esforço e o tempo, se estiver interessado em realmente vislumbrar a realidade que rodeia e o seu papel, A GRANDE ESCOLHA.
- 2009 -

Yuri Bezmenov, ex-agente do KGB e perito em subversão ideológica. Lavagem ao cérebro de uma nação.

Fraude, a grande farsa, Rockefeller revela ao amigo Aaron Russo toda a verdade
(não aconselhável aos mais sensíveis)
Entrevista histórica, onde o cineasta e promotor de música Aaron Russo apresenta em profundidade os conhecimentos privilegiados que lhe foram dados por um membro da família de banqueiros Rockefeller. Foi dito a Aaron Russo, 6 meses antes do atentado ao 11 de Setembro, que um grande acontecimento iria ter lugar, de modo a manter as pessoas com medo e obedientes ao Estado e atacar os direitos constitucionais. Atentados terroristas, invasão do Afeganistão, Iraque, deposição do regime de Chavez (Venezuela). O objectivo é implantar microchips em todas as pessoas, de modo a controlar totalmente a população e de várias formas, o dinheiro passará a ser exclusivamente digital. Explica também como funciona o mecanismo de Banco Central, dos falsos impostos, inflação e perda de privacidade. A liberdade dada às mulheres fez parte dos planos destes banqueiros, por um lado, conseguem taxar a outra metade da população e por outro, os filhos têm que ser entregues ao Estado (escolas, ATL's, etc) de modo, a separar pais e filhos mais cedo, diminuindo a sua influência sobre os filhos, facilitando a doutrinação das crianças (o Estado como o verdadeiro "pai"), de acordo com os interesses de quem controla o Estado (banqueiros),
eliminando gradualmente toda a resistência e luta pelas liberdades individuais. Um regime feudalista, onde tudo é feito para manter os escravos ignorantes e estúpidos, de modo a anular qualquer tipo de rebelião. O objectivo é criar um único governo mundial, com poder total. Seria a escravatura global. O inferno de todo o Mal.

O risco de uma 3ª Guerra Mundial é sério e real, tanto quanto o uso de armas atómicas. A degradação da alimentação, a redução da população em 80%, a degradação da salubridade do ambiente e do bem-estar continua. Pulverização de químicos na atmosfera por aviões (chemtrails), vacinas e outras biotecnologias avançadas, alimentos transgénicos e sementes, o novo Código Alimentar 2010 (reintrodução de substância banidas, ataque aos conteúdos nutricionais), a manipulação do clima e dos órgãos de comunicação social, a supressão de tecnologias e do conhecimento sujeitas a uma tecnocracia, a vulgarização de todo o tipo de drogas (farmacológicas e recreativas), o enfraquecimento das fronteiras, limitação a viagens, scanners que danificam o ADN (artigo), a actual globalização,

tratados supra-constitucionais, bancos off-shore... fraudes atrás de corrupções, uma lista infindável.
Para que paga o Estado o dinheiro e os juros do seu empréstimo, se poderia imprimir o seu próprio dinheiro? Não é para lá que deveriam ir os nossos impostos, certo?!!!...
A impressão do dinheiro tem que ser separada da banca privada, eles imprimem o dinheiro que desejam... Poder absoluto, corrompe absolutamente. Este é a cara do puro Mal.
A queda dos Estados Unidos da América seria o princípio, do fim. Veremos até onde os movimentos cívicos defenderão a sua liberdade e a do mundo inteiro.
Documentário completo: em memória de Aaron Russo, 24/8/2007
- 2007 -

terça-feira, 20 de outubro de 2009

A fraude do aquecimento global, fascista

Lord Christopher Monckton falando em St. Paul, Minesota, EUA (14 de Outubro 2009)

Mais uma conferência sobre a mudança climática, 
a próxima será em Copenhagen,  8 a 16 Dezembro 2009.  
Lord Christopher Monckton foi conselheiro da 
1ª ministra britânica Margaret Tatcher, ele tem advertido 
para a necessidade de preservar a soberania dos 
Estados Unidos da América perante a criação de um Governo
 Mundial fascista ou comunista, a diferença não será muita. 
Na continuidade do artigo a JOGADA_DESPOVOAR_MUNDO , 
o esquema do falso aquecimento global é o 
3º genocídio verde, em curso, após a proibição do DDT
(contra a malária) e a SIDA. Tudo à revelia de reais factos científicos.

A mensagem mais importante:
- Transferência de riqueza dos países mais ricos para os mais pobres, através
 do Tratado de Copenhaga, será o fim da soberania dos Estados-Nações e a criação
de um governo mundial e todas as suas imposições e restrição das liberdades 
onstitucionais. Os países do 3º mundo irão assinar com o cheiro no dinheiro, os 
países europeus tenderão a assinar e o prémio Nobel Obama trairá o povo americano 
e o seu conceito de nação e liberdade (explica porque lhe foi atribuído, sem nada fazer). 
Os restantes países não assinarão.
A ideia não é a paz nem a ecologia, apenas o empobrecimento do mundo e o nivelamento 
por baixo; exactamente o oposto do que deveria ser feito. Só o alto desenvolvimento da 
criatividade humana e da ciência poderá levar ao controlo da população, ecologia e da 
consciência humana.

Gráficos e imagens de apoio do vídeo:


O outro lado deste artigo

A não perder e a complementar com:


video

Crime dos aerossóis - 1ª edição
Clifford Carnicom, 2005
"Reafirmo, claramente uma vez mais, as formas patogénicas sob
 investigação estão a surgir repetidamente na população em geral, independentemente de outros sintomas anómalos na pele.  
As formas patogénicas foram detectadas na consequência de exames
a essas mesmas anomalias de pele. Crer que apenas alguns indivíduos
têm "Morgellons" é completamente e totalmente falso; 
população em geralestá envolvida e aparecem repetidamente em todos
os sistemas e nas funções principais do corpo, incluindo pele, sangue, cabelo, saliva, dentes (gengiva), aparelho digestivo, orelha e nas amostras de urina".
Clifford Carnicom, 15 Março, 2008

Rastos químicos - o crime dos aerossóis (1-10):


Prova de rastos químicos - militares alemães expostos

Chemtrail Proof - German Military Exposed


Têm sido verificados níveis elevados de contaminação por bário no
 ecossistema, associados a doenças como a Esclerose Múltipla e
 outras doenças degenerativas, como a encefalopatia espongiforme.
As fontes de bário são pedreiras locais, indústria do papel, fundição,
soldagem, têxtil, poços de petróleo e gás natural, sem esquecer o 
uso do bário em aerossóis, como refractor de sinais de rádio
(radar de longa distância de uso militar).).

Pulverização vista claramente e em detalhe:

Chuvas venenosas:


domingo, 6 de setembro de 2009

Crise e Governo Mundial, o outro lado dos mistérios...

Salbuchi - Governo Mundial: Resistir ou Colaborar?




Aconselho a ver por esta ordem:

Controlo Mental com Rauni Kilde, ex-ministra da Saúde da Finlândia (a Gripe e os embustes)


Bases 5 Part 1 Mind Control with Rauni Kilde





Control Mental através de microondas: eliminando privacidade e direitos humanos

(Ex-ministra da Saúde filandesa Rauni Kilde)



Rauni Kilde, outra entrevista

1 - 2 - 3 - 4 - 5 - 6 - 7